Postgres song

Ok, é infame… vi no Use Perl.

I am the very model of a database relational,
My updates are atomic and ACIDic and transactional,
My planner aims to optimise your queries scatological,
My indexes will cope with SQL that is pathological

My data types encompass from mundane to geographical,
My data safety record shows concern that’s quite fanatical,
My cost per TPC will beat both DB2 and Oracle,
And yet the plebs persist in writing apps for bloody MySQL!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s